Alisamento e o meu cabelo

Oláaa gente!

O que é que eu me lembrei de falar e esclarecer, (pelo menos a minha experiência) que algumas pessoas me perguntam? Acerca do meu alisamento de cabelo. Se resulta, se danifica o cabelo, se ao contrário hidrata, há quanto tempo faço….

Para já começo pelo meu tipo de cabelo, é fino e não é de todo dos mais fortes ou densos, todas as mudanças de estação tenho de tomar vitaminas, se ando mais ansiosa cai-me imenso, demora séculos a crescer!!(sempre foi assim, umas vezes mais forte outras mais fraco). Portanto sempre foi o cargo dos trabalhos (ou não, porque quando tinha caracóis usava-o constantemente apanhado e estava a andar).

Já tive bastantes caracóis  (2010)
Depois comecei a fazer madeixas, fiz imensas, às vezes em locais em que era caríssimo e não o sabiam fazer de todo ou lidar com o meu tipo de cabelo… Passei por vários “vamos remediar isso” sinceramente foi o que me enfraqueceu mais os fios. Madeixa em cima de madeixa, em cima de madeixa.
Era isto, sempre e constantemente  (não sei porque é que as minhas fotos estão a ser todas em restaurantes)

Nunca tive muitos cuidados com o meu cabelo, até há 4 anos atrás (altura em que fiz o primeiro alisamento), sempre tive pavor de cortar porque sempre foi um martírio para crescer, passava a vida com ele bem amarrado, usava produtos profissionais de cabeleireiro (shampoo não sei quê, amaciador não sei quantos, máscara) mas fora isso não sabia de maneira nenhuma lidar com o que tinha, era lavar e pôr uma carrada às vezes de gel extra forte de uma marca qualquer que me deixava o cabelo mais seco que um bacalhau!

Ele passou por algumas fases desde pequena, usei sempre curto até aos 7 anos de idade (portanto na altura em que deveria ter crescido porque ainda não formava caracol), quando foi para crescer já os caracóis armavam e foi uma das minhas piores fases, para crescer demorou aaaanoooos porque armava sempre! Tinha imenso cabelo na altura, crescia, armava, crescia, armava… Foi o terror, só uns 4 anos mais tarde sem cortar consegui começar a fazer os primeiros apanhados.

Eu não tinha um caracol perfeito, só depois de sair do banho e no outro dia já parecia uma esfregona… Não dava para ficar bonito, os caracóis não ficavam bonitos ou teria de o lavar toooodos os dias, pentear só no banho, passa-lo por água novamente e nem voltar a ver escova depois disso, para conseguir que ele não ficasse separado e os caracóis caíssem mais fechados. Secar nem pensar, só ao natural, o secador ia separar os fios todos again e era como se não me tivesse penteado há meses. Resultado, madeixas porque não podia fazer qualquer outro tipo de coisa no meu cabelo e constantemente um totó no cimo da cabeça, nem rabo-de-cavalo era (ou era muito raramente).

Depois de tanta asneira com madeixas durante alguns anos, fui onde me aconselharam por ser um dos melhores, pintar de novo do meu tom, à griffehairstyle em Lisboa. Adorei!! Super bem atendida, voltei a ser morena, num tom muito bonito (porque ainda tinha umas luzes das madeixas que tinha por baixo) trouxe o cabelo assim como na foto, volumoso mas bonito e bem comportado ao mesmo tempo e… nunca mais eu lhe consegui fazer o mesmo em casa
Voltamos ao apanhado
E sempre apanhado

Eu adorava ter o cabelo liso e bem comportado, tinha pensado muitas vezes no alisamento mas ouvia tantas vezes que o meu cabelo era fino não iria aguentar, quase me capacitei (vais ter de te conformar). Até que veem aquelas ondas em que queremos mudar, deixei-me de opiniões alheias e fui realmente consultar quem de direito, pesquisei, falei com profissionais, vi outros exemplos como o meu. Cheguei à conclusão que pessoas com cabelo fino também fazem alisamentos, não podem é ser desleixadas como eu era antes, ele precisa de tratamentos de fortalecimento, densidade, vitaminas, cortes constantes nas pontas, séruns capilares para a raiz… E claro não podemos também fazer muito mais coisas em termos químicos  porque é um cabelo frágil. Mas ao menos podemos fazer cortes diferentes! Uma amiga levou-me a quem conhecia num salão no Estoril, com um bom preço e fiz lá o meu primeiro alisamento, não me lembro que marca era mas fui na confiança. 

 

1 2 3 primeiro alisamento e a garota ficou toda feliz (mais um restaurante…). São muitos os tipos de alisamento e varia o preço de salão para salão. É conforme o produto, conforme a marca. Existem alisamentos para 100 e muitos €, outros mais simpáticos, outros com preços realmente competitivos, escova progressiva, laser, sem formol, têm de pesquisar o que melhor se adequa ao vosso cabelo e ver testemunhos dos salões que estão a pensar ir. Eu pesquisei preços, ouvi falar de alguns, encontrei depois o da Purah, a  um preço que me agradou e fiz. Têm maioritariamente duração de cerca de 6 meses, ficamos por volta de 2h no salão a aplicar o produto e a secar, nos três dias seguintes é muito importante não amarrar o cabelo, não pôr fitas ou para trás da orelha, não lavar e passados os 3 dias (sempre de cabeça muito direitinha 😀 ), já podemos lavar, com shampoo sem sal. 
Nos 3 primeiros dias o cabelo com o produto a actuar vai ficar escorrido mas sendo o primeiro alisamento, após a primeira lavagem ele vai ganhar umas ondas na mesma e no meu caso quando molhei e não sequei, fiquei com caracóis novamente mas era só dar-lhe com o secador que voltava a alisar
Agora isto já não me acontece mas depois do primeiro, sim (pelo menos a mim)

Da primeira para a segunda vez durou-me mesmo os 6 meses, entretanto começou a ganhar imensos jeitos nas pontas, tinha muitos pequeninos a nascer em caracol que ficava esquisito no cimo da cabeça e não os conseguia alisar, após a segunda vez ele fica bem mais liso, mesmo sem secar, ou no verão, na praia, ele só fica com umas ondas depois de ir à água, nada de caracóis. 

Passei entretanto para os alisamentos sem formol porque me aconselharam, dizem que é melhor, quimicamente agride menos o cabelo…

Eu ganhei uma liberdade que desconhecia, não há o stress de nunca saber o que lhe fazer, de entrar em pânico se não tenho elásticos ou ganchos, durmo com ele solto. Na praia, na piscina, já posso pentear-me depois sem ter medo que ele seque e eu pareça um caniche.

O primeiro “grande” corte que dei desde que me conheço por gente mas ele agora não arma!!

No entanto, por achar que o meu cabelo é realmente frágil e é um facto, os 6 meses, comecei a alonga-los, o intervalo que dei entre os dois últimos alisamentos, foi perto de um ano, foi até não conseguir fazer mais nada com ele e ter caracolinhos por todo o lado. Fui experimentar um novo local, ainda estou a pensar se gostei do resultado ou não… O cabelo não ficou tão liso como nos outros alisamentos (não me tem feito também grande diferença porque o tenho deixado com jeitos por opção mas caso o queira alisar, não tenho tanta facilidade como tinha).

Mesmo nos 6 meses após o penúltimo alisamento (aqui não sequei, gostei assim)
A fazer um ano do penúltimo alisamento, não parece mas já não conseguia fazer nada com ele, tinha mesmo de o esticar e ter trabalho
Depois do meu último alisamento (penso mesmo que não tenha sido tão eficaz mas como disse tenho deixado jeitos por opção e sim o meu cabelo continua a demorar imenso a crescer desde o corte “radical” de julho do ano passado)
Por enquanto está assim, a ver vamos como estará passado 6 meses

Aconselho que se informem, qual o melhor para vocês, o melhor local, um bom profissional, ouvirem várias opiniões (de quem conta, não do disse que disse), já sabemos que é um químico, que têm de ter cuidados extra ainda mais se ele não é forte ou denso como o meu. 

Se decidirem pelo “sim”

Usem protector de calor

Eu tenho usado este da Tresemmé
O UniqOne com 10 benefícios para o cabelo, que já falei dele, adoro
Um similar ao anterior que também promete muitos benefícios e tenho usado ultimamente,  liso keratina da Tresemmé
Se o cabelo precisar de densidade como o meu, aconselho este sérum – LÓreal Professionnel Serioxyl denser hair treatment (tenho de pensar em voltar a usar, adorei, notei mesmo diferença)
Este spray de oleo  que dá um brilho lindo – Gold Wella
A banhos no verão, um protector solar, cloro e água salgada – Bc Sun Protect Schwarzkopf

Combate à queda e auxilio ao crescimento 

É o meu preferido, aconselhem-se com o médico ou dermatologista
Também já falei sobre os tónicos Gota Dourada, tenho usado ultimamente, deve usar-se 3 vezes por semana, actuar mínimo 2 horas e lavar como habitualmente
E o óleo de côco. Está na moda nos cozinhados mas é um dos melhores aliados na beleza, sobretudo dos cabelos. Ajuda a fechar as pontas espigadas e também contra a queda

Tenham cabelos sorridentes

 

1 beijoca**

 

 

 

Miminhos

Recebi miminhos e apaixonei-me pelos três.

Este perfume da EISENBERG Paris “J’ose” é só um dos melhores perfumes que cheirei ultimamente! Eu sou muito fiel aos meus perfumes, uma ou outra vez lá experimento um diferente mas existem sempre dois que não os troco por nada… parece-me bem que agora passaram a ser três no top dos meus preferidos.

J'ose EISENBERG Dior Addict Fluid Shadow Dior Addict Fluid Stick 551
J’ose EISENBERG
Dior Addict Fluid Shadow
Dior Addict Fluid Stick 551

Juntamente, recebi a sombra líquida da Dior que adorei, em tom metalizado e o batom líquido, igualmente da Dior tom 551. Eu já era fã destes batons e este tom meio alaranjado é lindo!

Estraguem-me com mimos por favor 😀

KissKiss

 

Lush – Cósmeticos Frescos Feitos à Mão

Eu gosto tanto dos produtos da Lush. A Lush cuida da nossa beleza através de produtos artesanais. São cosméticos orgânicos, imensas opções, uma outra forma de abordar a forma como cuidamos de nós.

Têm desde, produtos para o cabelo os sabonetes shampoo, produtos para o banho, como as bombas, maquilhagem, hidratantes, alternativas também para vários tratamentos e dão uma prenda tão gira e colorida. A minha última utilização foi num banho de imersão, a bomba Think Pink, quando derrete saem de dentro corações pequeninos rosa.

image

image

Think Pink
Think Pink

Miminhos cheirosos*

KissKiss